Operação da Sapore é destaque no site People

Já imaginou como é jantar como um atleta olímpico? E preparar a alimentação de mais de 10 mil atletas olímpicos? O trabalho da equipe da Sapore na operação dos restaurantes da Vila dos Atletas dos Jogos Rio 2016 foi destaque no site norte-americado People.com.

O site destacou cinco pontos que mais chamam atenção na operação:

  1. “A enorme operação de alimentos”

A reportagem destacou o tamanho do Main Dining, restaurante principal da Vila dos Atletas que mede mais do que dois campos de futebol colocados lado a lado, e da sua cozinha que tem o tamanho de um campo de futebol. A Sapore é a responsável por servir as cerca de 60 mil refeições por dia no local, preparadas com 2 toneladas de alimentos e servidas em pratos biodegradáveis.

 

  1. “Atletas podem comer o quanto quiserem”

O restaurante funciona 24 horas e os atletas podem escolher entre cinco diferentes tipos de cozinha – Brasileira, Asiática, Internacional, Pizza e Pasta, Halal & Kosher.

 

  1. “Variedade não é um problema”

Há opções para todos os paladares e restrições de dietas. Para coreanos, por exemplo, a Sapore importou sete toneladas de kimchi (um tempero muito comum nessa culinária). Já pessoas que seguem religiões islâmica ou judaica tem à disposição alimentos preparados sob os critérios de cada orientação religiosa. Japoneses não precisam se preocupar com o café da manhã: o misô (um tipo de sopa) e o arroz estão garantidos.

 

  1. “Precedência da cozinha local”

Os atletas podem provar mais de 40 tipos de frutas nativas do Brasil, incluindo maracujá, caju e açaí. Pratos típicos, como feijão, carnes locais e farofa, foram incorporados à oferta de cereais.

 

  1. “Sem esteroides”

Usar insumos livres de hormônios que poderiam causar problemas em testes de doping foi uma grande preocupação no planejamento da alimentação da Vila dos Atletas. Foram contratados somente certificados para evitar qualquer problema que pudesse atrapalhar os resultados dos atletas.

Acesse aqui a reportagem completa

Nenhum comentário

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *